O exame necessário para descobrir nódulos na tireoide

AVC: conheça os principais sintomas e como tratar
19 de junho de 2020
hipotireoidismo-
Hipotireoidismo: 5 coisas que você precisa saber sobre o distúrbio
22 de junho de 2020
o-exame-necessario-para-descobrir-nodulos-na-tireoide-
o-exame-necessario-para-descobrir-nodulos-na-tireoide-

A glândula tireoide é uma das mais importantes para o bom funcionamento do metabolismo de nosso corpo. Ela se localiza na parte da frente do pescoço, logo abaixo do chamado pomo de adão ou “gogó”.

A tireoide é a responsável pela produção de dois hormônios: o T3 (triiodotironina) e o T4 (tiroxina). Eles ajudam nas funções de órgãos como os rins, o coração e o cérebro.

Problemas na tireoide

É bastante comum que aconteçam inflamações na glândula tireoide. Esses problemas podem diminuir sua capacidade funcionar ou acelerar suas funções. Isso causa o hipotireoidismo ou hipertireoidismo, respectivamente.

Problemas como variação de ciclo menstrual, perda ou ganho excessivos de peso, cansaço, ressecamento da pele e aumento das taxas de colesterol são apenas alguns dos sintomas muito comuns em pacientes que apresentam disfunções na tireoide e na produção dos seus hormônios.

É comum também encontrar nódulos na tireoide. Eles, no entanto, podem desaparecer com o tempo. Mas é preciso realizar exames para saber se esses nódulos são benignos ou malignos, quando eles demoram a desaparecer ou não desaparecem.

Ultrassom: o exame necessário para encontrar nódulos na tireoide

O ultrassom da tireoide é um exame de imagem que pode auxiliar na detecção e diagnóstico do hipertireoidismo, do hipotireoidismo e de nódulos, conhecidos também como lesões focais. A CDT realiza esse tipo de exame em sua unidade.

Essa forma de ultrassom na região cervical (pescoço) ajuda no diagnóstico de nódulos, tanto malignos quanto benignos, e ainda na avaliação de gânglios (linfonodos) e de glândulas salivares.

O CDT realiza ultrassom para descobrir nódulos na tireoide. Também realizamos outros exames de diagnóstico por imagem como a ressonância magnética e a tomografia computadorizada em Brasília. Acesse nosso site ou ligue para agendar um exame.

Como é realizado o ultrassom de tireoide?

O ultrassom da tireoide não precisa de preparo prévio. O exame é bastante simples e não provoca dor. Além disso, não há efeitos colaterais depois da sua realização.

Para ser realizado, primeiro o paciente se deita em uma maca. O profissional responsável pelo procedimento usa um aparelho chamado transdutor e um pouco de gel para deslizá-lo pela área da garganta do examinado.

Esse equipamento emite ondas sonoras de alta frequência. Quando elas entram em contato com os órgãos do corpo, acabam gerando, em tempo real, imagens bidimensionais da região.

Indicações da Ultrassom de tireoide

A realização da ultrassonografia da tireoide, em geral, é solicitada quando existe um crescimento anormal da glândula ou o aparecimento de gânglios e nódulos.

O exame é indicado para pacientes que já tenham um histórico de variação hormonal, hipotireoidismo, hipertireoidismo e de casos na família de câncer de tireoide, além dos que possuam nódulos visíveis e palpáveis, que forem detectados no exame de toque.

O artigo foi relevante para você? A CDT realiza vários exames de diagnóstico por imagem como a tomografia, a tomografia computadorizada e a ressonância magnética em Brasília. Somos pioneiros no serviço de medicina nuclear e de ressonância magnética no estado e especializados em diagnóstico por imagem. Agende seu exame por telefone ou whatsapp.